quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Quase um ano após terremoto em Maceió, bairro continua afundando e moradores estão apavorados ; Veja vídeo

Moradores estão assustados com fenômeno em bairro de Maceió



Em  março de 2018, um tremor de terra de 2,3 na escala Richter atingiu um bairro de Maceió  causando rachaduras em diversos imóveis e causou pânico aos moradores daquela localidade. O bairro de Pinheiro é um bairro tradicional de Maceió com 19 mil habitantes e que sempre foi  motivo de muito orgulho e tranqüilidade para os que lá nasceram, cresceram e por lá ainda vivem. 

Mas, depois desse fenômeno geológico, os moradores do bairro perderam essa tranqüilidade e vivem em uma situação de ansiedade e até terror psicológico.Quase um ano depois do tremor de terra foi criado um estado de alerta entre a população e órgãos públicos que passaram a estudar o fenômeno com intuito de identificar as causas.

Pois bem, como as causas dos tremores  ainda não foram esclarecidas por especialistas locais, nem de outros estados que vieram auxiliar, cogita-se trazer especialistas de fora do país, foi o que informou o geólogo do Serviço Geológico do Brasil ( SGB), e coordenador das pesquisas sobre rachaduras no bairro do Pinheiro, Thales Sampaio.Ele disse em entrevista a TV Gazeta na manhã desta quinta-feira,17. que manteve contato com equipes de geólogos internacionais, caso a situação da localidade não seja solucionada pelos técnicos do país encaminhados de diversos estados para estudar as causas do fenômeno.

Géologo Thales  dia que a situação é grave- Foto Reprodução TV Gazeta
Thales disse ainda que o fenômeno é bastante complexo, o que exige cautela por parte dos profissionais atuante na força tarefa, quanto á descoberta de possíveis motivos para o afundamento na região.O risco de desmoronamento provocado pelas rachaduras que tomam conta do bairro do Pinheiro fez a prefeitura realizar uma ampla reunião com técnicos, especialistas e moradores da localidade. De acordo com os estudiosos, a retirada de pessoas das áreas mais críticas deve ocorrer antes da quadra chuvosa de abril.

Já o geólogo Jorge Pimentel, da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais explicou que as rochas encontradas nas profundezas estão dificultando as pesquisas na região e dos 1.638 municípios que já foram sondados no Brasil nunca foi vista nada parecido, ou seja, a situação é muito grave.

Enquanto isso os moradores do bairro seguem sem saberem o real motivo da gravidade por parte dos órgãos oficiais e assustados com as informações que ocorrem nas redes sociais que falam até em uma grande catástrofe como o desabamento total do bairro.Mesmo com a promessa de ajuda do governo federal, diversos moradores já estão deixando o bairro.

 A expectativa é que o laudo final que determinará a causa e uma possível solução para o bairro do Pinheiro seja concluído em junho. Além dessa angústia vivida por moradores de uma possível catástrofe no local existe também a questão da desvalorização imobiliária, pois mesmo depois do problema existem prédios sendo construídos no bairro.

Veja vídeo colocado no Youtube e sinta o drama que os moradores do bairro passam...








Por Marcos Antônio com informações da Gazetaweb e Alagoas24horas



terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Deputado eleito Fernando Rodolfo passa apuros na cidade de Vertentes e sai escoltado por seguranças


Deputado eleito Fernando Rodolfo participava de um velório em Custódia

Na tarde dessa segunda-feira, (14-01) a cidade de vertentes no agreste do estado, viveu momentos de terror, com uma perseguição policial a dois bandidos que segundo a polícia estavam prestes a praticar um assalto na cidade. Após tiros e o carro dos bandidos colidir, um deles, um menor, foi preso, enquanto o outro que é irmão do menor, fugiu em uma moto tomada de assalto. 

No momento do ocorrido, acontecia o cortejo de um Professor que havia se suicidado, dizem, em depressão por conta da perseguição do Prefeito Romero Leal, pelo mesmo ter votado no Deputado Fernando Rodolfo, que estava no cortejo com os familiares do professor falecido.


Horas antes em uma rádio de Taquaritinga, o Deputado Federal Fernando Rodolfo do PHS, havia desafiado o prefeito Romero, a provar um comentário que fez a respeito dele em uma rede social.Para a população, o assalto seria uma farsa, para encobrir o real propósito, que seria um atentado ao Deputado Fernando Rodolfo, que defendeu os professores durante seus programas na TV em Caruaru, e pelo desafio lançado horas antes.


O Deputado eleito Fernando Rodolfo publicou em suas contas no facebook  e no Instagran um vídeo no momento da correria com os seguranças agindo rápido e protegendo-o contra algo pior. Em seguida os seguranças colocam Fernando Rodolfo em uma camionete e deixam a cidade. Ele divulgou a seguinte mensagem :








Por Marcos Antônio com informações do site PENEWS






Boa noticia : Governo de Pernambuco lança programa que beneficia mil alunos no estado

Foto ;  Hélia Scheppa/SEI
Ao lançar oficialmente a edição 2019 do Programa de Acesso ao Ensino Superior – o PE no Campus – nesta segunda-feira (14), no Palácio do Campo das Princesas, o governador Paulo Câmara reforçou seu compromisso com a educação em todos os níveis, frisando a importância dos estudos para a realização de sonhos. Segundo ele, o programa é uma das formas diretas de o Governo auxiliar jovens de baixa renda, que concluíram o Ensino Médio, a cursar universidades públicas em todo o Brasil. “O Estado, neste programa, é parceiro dos nossos alunos para a realização de seus sonhos”, comemorou.

De acordo com Paulo Câmara, levantamentos anteriores indicavam que apenas 40% dos alunos concluintes do ensino médio na rede pública conseguiam se inscrever em exames como o Enem e o Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da UPE. A maioria desistia de tentar um curso superior por falta de condições financeiras de se manter em universidades longe da sua terra natal. Hoje, a realidade é outra. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, o percentual de acesso às universidades públicas subiu para 70%, e de acordo com o secretário de Educação e Esportes, Fred Amâncio, a meta é elevar esse índice para 80%.


O Programa é voltado para estudantes de baixa renda da rede estadual aprovados em instituições públicas de ensino superior em Pernambuco ou nos demais Estados do território nacional, e atua com base em dois eixos: a preparação dos estudantes para os cursos e a oferta de apoio financeiro, com bolsas no valor de até R$ 950 no primeiro ano e de R$ 400 no segundo ano do curso. A quantia é destinada a ajudar nas despesas de manutenção dos estudantes longe de casa.

Para concorrer ao PE no Campus, o candidato precisa ter cursado todo o ensino médio na rede pública estadual e ter concluído os estudos no máximo há cinco anos; ser atendido pelo Bolsa Família ou comprovar renda familiar inferior a três salários mínimos; ter residência fixa com distância igual ou superior a 50 km da universidade; e ter sido admitido em curso de graduação numa instituição de ensino por meio do Enem ou SSA realizado em 2018, com previsão de ingresso para 2019. As inscrições para o Programa podem ser realizadas a partir desta terça-feira (15), até o dia 23 deste mês, exclusivamente pelo site: www.educacao.pe.gov.br.


Com informações do SEI 

Em Garanhuns : Governo Municipal abre inscrições para curso básico de Libras



A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), promove o curso básico de Língua Brasileira de Sinais (Libras), ofertado de 28 de janeiro a 01 de fevereiro, das 08h às 12h, na sede da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga). A capacitação acontece de forma presencial e gratuita, e segue com inscrições abertas para a população em geral.

O curso será ministrado pelo professor Wender Paulo, que é pós-graduado em línguas de sinais — Proficiência no uso, tradução e ensino de Libras; e possui carga horária de 20 horas, com emissão de certificado. A idade mínima exigida para participação é de 16 anos.

Os documentos necessários para inscrição são RG, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o Número de Identificação Social (NIS), os interessados que não possuem o NIS podem procurar um dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras’s) do município, para que seja feita a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

As inscrições são presenciais e podem ser realizadas das 08h às 14h, na sede da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, localizada na avenida Rui Barbosa, n° 807, no bairro Heliópolis. Ou então em algum dos Cras’s do município, localizados na relação de endereços abaixo:

Cras Heliópolis: rua Manuel Pessoa Juvenal, n° 200, bairro Severiano Moraes Filho (comunidade Indiano)
Cras Magano: rua São Pedro, n° 1035, bairro Magano
Cras Bela Vista: rua Radialista Flauberto Elias, n° 1040, bairro Dom Helder Câmara (Cohab III)
Cras Boa Vista: rua Vereador João Bezerra Sobrinho, n° 147, bairro Boa Vista
Cras Quilombo: sítio Castainho, n° 210, comunidade quilombola do Castainho

Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — (ACSI)
Com informações da SASDH
Foto: Arquivo (Secom — PMG)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Brega - Funk de Pernambuco e Forró sertanejo podem virar hits do carnaval 2019 - Confira


Com o Carnaval de 2019 se aproximando, já começam a surgir inúmeros candidatos a hit do ano.E, isso tem sido uma praxe nos últimos anos em terras tupiniquim.Vale lembrar que esses " hits" , não são sinônimos de música boa, muito pelo contrário, a maioria tem letras pejorativas e sem sentido e outras são extremamente chatas, mas, que cai no gosto do povo e as rádios ajudam a potencializar tocando em diversos horários. 

Já as gravadoras adoram ainda mais, afinal de contas vivem também do mau gosto do povo que é soberano quando querem algo.Rapidamente podemos recordar neste espaço as músicas que não saiam das cabeças de muita gente nos últimos 5 anos, como : 

2018:  Que Tiro Foi Esse?

Foi o hit do Carnaval, a então desconhecida cantora carioca Jojo Todynho, interpretou essa música que  foi a mais ouvida nos rádios do Brasil o ano passado e que a pôs como a música mais acessada nas plataformas digitais do Brasil.

2017: Deu Onda – MC G15
Apesar de uma letra polêmica e que não agradava a todos, a música era garantida em qualquer festa nessa época do ano. Seja nas prévias, nos camarotes ou no carnaval de rua, o funk do MC G15 estava sempre na boca do povo e colocava todos pra dançar.
2016: Metralhadora – Banda Vingadora
O hit da banda comandada por Tays Reis conquistou o público com a mistura do sons do violino, axé e de metralhadora, tudo embalado por uma coreografia que se mostrou tão ‘chiclete’ quanto a música do carnaval 2016.
2015: Muriçoca – Rei da Cacimbinha
O Carnaval de 2015 foi marcado por um inseto insistente que colou na cabeça de todo mundo. Apresentando o Rei da Cacimbinha para o mundo, o hit Muriçoca tomou conta da festa.
2014: Lepo Lepo - Psirico
Provando que não é grupo de um sucesso só, o Psirico emplacou mais um música do carnaval depois de 6 anos e bombou em 2014 com o Lepo Lepo.
E em 2019 , qual será o hit ?

Portanto todos os anos, os artistas do Brasil se esforçam para conseguir lançar a música mais chiclete para o Carnaval. Em 2019, não é diferente e o maior hit das festas de fevereiro pode ser o mais inusitado possível. 
De um lado, a música do paraibano Gabriel Diniz, batizada apenas de “Jenifer”, foi lançada meses atrás e começou a fazer sucesso entre os fãs de música sertaneja no final de 2018. Aí, em pouco tempo, a tal Jenifer do Tinder virou meme e hoje a música já é considerada o hit oficial do verão 2019. No Spotify a faixa estourou e foi parar no primeiro lugar dentre as músicas mais tocadas no país. No YouTube as visualizações do clipe também explodiram rapidamente. Você pode conferir abaixo : 


 Grupo de Recife também tá no páreo de hit do carnaval
Do outro o brega-funk recifense já briga pelo posto de hit do Carnaval deste ano. Depois da febre de "Envolvimento", da MC Loma, no ano passado, desta vez a música que mais se escuta por Recife e Olinda é o "Barulho da Kikada", dos MCs Niago e Seltinho Coreano. Lançada em outubro, ela já tem vídeo que passa dos 12 milhões de visualizações no YouTube, 12 milhões é mole ?
A coreografia dançada no clipe também deve ajudar a música a ficar entre as mais tocadas no Carnaval. "Barulho da Kikada" já caiu no gosto das bandas de forró, que têm ajudado na fama da música pelo Nordeste.Wesley Safadão , além de ter incluído a faixa em seu repertório, vai levar os MCs para cantar com ele no Olinda Beer -festival que acontece no domingo antes do Carnaval.A música pode ser escutada no inicio do Blog.

No Carnaval, os MCs Niago e Seltinho Coreano já têm na agenda apresentações em blocos do Recife, além de convites para tocar em camarotes do Galo da Madrugada.


Portanto escolha a sua música predileta e se prepare para a massificação alienante que já começou pelas rádios e televisões do Brasil afora. Afinal de contas estamos no Brasil e as preocupações com educação, saúde e segurança pública só começam após as festas momescas.


Texto de Marcos Antônio com informações de algumas assessorias de sites musicais.

Datafolha: 84% dos brasileiros querem redução da maioridade penal

Atualmente, só responde como adulto quem tiver mais de 18 anos (Mario Tama/Getty Images)

Uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (14) revelou que a grande maioria dos brasileiros é favorável à redução da maioridade penal, uma das promessas de campanha do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o levantamento, 84% dos entrevistados se disseram a favor da redução de 18 para 16 anos, enquanto 14% são contra. As pessoas indiferentes ou que não opinaram somam 2%.Entre os que apoiam a medida, 67% defendem que ela seja aplicada para todos os tipos de crimes, enquanto 33% opinam que deveria valer apenas em determinados casos.O Datafolha ouviu 2.077 pessoas em 130 municípios brasileiros, em 18 e 19 de dezembro de 2018. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A redução da maioridade penal foi um dos temas defendidos por Bolsonaro durante a campanha em 2018. Após eleito, ele chegou a afirmar que a idade mínima deveria ser de 14 anos.O atual ministro da Justiça, Sergio Moro, também demonstrou apoio à medida. Após as eleições, o ex-juiz da Operação Lava Jato disse ser "inegável" que o adolescente necessite de proteção por ser uma "pessoa em formação", mas disse ser "razoável" a afirmação de que mesmo um adolescente de entre 16 e 18 anos já tem "compreensão de que é errado matar".

Uma proposta para a redução da maioridade penal já tramitou pela Câmara dos Deputados e aguarda aprovação da Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) do Senado. O texto afirma que os jovens de 16 a 18 anos que cometerem homicídio doloso (com a intenção de matar), lesão corporal seguida de morte e crimes hediondos devem cumprir as mesmas penas que os maiores de 18 anos, ainda que em regime separado.


Terra.com




domingo, 13 de janeiro de 2019

O Filme mais famoso e mais visto na História do Cinema completa 80 anos: “...E o Vento Levou”

Clark Gable e Vivien Leigh os maiores protagonistas de :  E o vento levou...



Desta vez a conhecida sessão cinema que trata somente de filmes faroestes, aqui no Blog de Marcos Antonio,  baixou as armas do Velho Oeste colocou-as de volta ao coldre  deu de garra de uma caneta para travar um Duelo de Titãs  em razão  da passagem dos 80 anos do filme  “...E O VENTO LEVOU”. Será que um dia o tempo traz de volta?!?!?!


Pois bem!!! Esta homérica fita é “a produção mais bem-sucedida de Hollywood” disse o famoso crítico norte-americano Leonard Maltin. Sob seu ponto de vista, “parece melhor com o passar dos anos”. Este romance ambientado durante a Guerra Civil Americana ganhou o impressionante número de 10 Oscars, incluindo Melhor Filme, e seus imortais personagens, Scarlett, Rhett, Ashley, Melanie, Mammy e Prissy, popularizam esse épico de apelo permanente a todas as gerações. Tido por muitos como o maior filme de todos os tempos, inclusive superando a grande produção BEN HUR, haja vista possuir uma trilha sonora memorável!!! Um clássico com C maiúsculo!!! Suntuoso, fascinante, inesquecível!!! Afinal de contas, o filme foi ousado para os padrões da época...


O filme chegou ao Brasil na década de 1940, porém teve sua estreia nos Estados Unidos em 1939  baseado em um romance escrito entre 1926 e 1929 por Margaret Mitchel. A obra é ambientada na segunda metade do século XIX, época da Guerra Civil norte-americana, que narra as situações vividas pelos sulistas durante este período histórico. O clássico conta a história da atrevida Scarlet OHara, vivida pela atriz Vivien Leigh, tendo como pano de fundo a Guerra Civil Americana, quando fortunas e famílias foram destruídas, e sua relação de ódio e amor com Rhett Buttler (vivido por Clark Gable). Ele é um aventureiro que com ela acaba produzindo cenas clássicas de conflito e vivem uma relação  amorosa que se arrasta  entre tapas e beijos...


A película narra a trajetória de Scarlett OHara (Vivien Leigh), uma mulher rebelde e decidida que sobrevive à Guerra Civil americana e luta para defender sua terra e para conquistar o amor de Rhett Butler (Clark Gable). A personagem Scarlett  se apresenta como uma anti-heroína, egocêntrica e materialista. Em dezembro de 1939, é lançado o longa metragem com o título de Gone With The Wind, que se tornou sucesso absoluto e passou para a história como um dos grandes clássicos da sétima arte. Duas frases marcam a trajetória da personagem Scarlett OHara quando ela ficou praticamente na miséria: “Jamais passarei fome outra vez...”; na outra ela diz: “Tara, meu lar. Irei para o meu lar e pensarei numa forma de tê-lo de volta!!! Afinal, amanhã é um novo dia!!!)...


A crítica de cinema Sílvia Cristina afirma com todas as letras que,   "...E o Vento Levou" é muito mais que uma grandiosa produção; é muito mais que um filme sobre a guerra e suas consequências; é um filme sobre a determinação e a sobrevivência, figuras encarnadas na imagem da terra. Scarlett é uma sobrevivente da guerra, da fome, da miséria, da perda trágica dos pais, de um amor nunca concretizado. Embora, seja vista como uma grande heroína por sua incansável capacidade de luta, a indomável personagem Scarlett de certa forma, é uma perdedora.


O cinéfilo carioca  Paulo Telles registra que ao ser transmitido pela primeira vez na TV americana, pela cadeia NBC de televisão, em 7 e 8 de novembro de 1976, tornou-se também o filme de maior audiência já registrada até então pela TV dos Estados Unidos: 47.7 pontos de rating, o ibope americano. Aqui no Brasil, a Rede Globo exibiu na TV, em 1983, um especial as vésperas de seu lançamento pela televisão intitulado “A História de E O VENTO LEVOU”. Sem dúvida, sua estreia na TV brasileira (em duas partes) foi um evento inédito visto ser um dos mais esplendorosos e importantes filmes de todos os tempos, cuja saga de sua realização é tão épica quanto à própria fita.


Nos escritos do cinéfilo Paulo Telles, lê-se que “...E O VENTO LEVOU”  estreou na Cidade Maravilhosa a 12 de setembro de 1940, às 20h45m, no Cine Metro do Rio de Janeiro  numa avant-première de gala, sob o patrocínio da Sra. Darcy Vargas(Primeira Dama do Brasil), com os 1.400 lugares inteiramente ocupados. No mesmo dia, diretamente de Hollywood, numa transmissão da A Hora do Brasil, servindo de locutor Luis Jatobá, Clark Gable, Vivien Leigh, e o produtor Selznick saudaram D. Darcy e contaram alguns detalhes da filmagem.


Entre tantas curiosidades que o filme apresenta, citaremos algumas começando por Bette Davis que chegou a ser convidada para o papel de Scarlet O'Hara, mas o recusou; há quem diga que, entre os rumores dos bastidores, circulava a informação de que VIVIEN LEIGH não suportava as cenas de beijo com CLARK GABLE por causa de seu mau hálito. Para se ter ideia da grandiosidade do filme, na sua montagem, em 1º de julho de 1939 terminaram as filmagens e o produtor e roteirista David  Selznick tinha diante de si uma montanha de celuloide revelado (cerca de 60.000 metros de filme), equivalente a 28 horas de projeção; por puro preconceito da época a “negona” Hattie McDaniel não pôde comparecer na première do filme em Atlanta porque era negra. Ela foi a primeira atriz negra a conquistar um Oscar e, finalmente, ...E O VENTO LEVOU foi o primeiro filme a cores a ganhar o Oscar de Melhor Filme.  Apesar de ser  uma fita muito demorada(4 horas de duração), quando o filme começa a ficar fascinante ele acaba...



Por Altamir Pinheiro colaborador deste blog




https://www.youtube.com/watch?v=UL_HYgykkaY